Provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre mídia programática algumas vezes e se perdido nos vários termos dentro desse tema, afinal são tantas siglas e expressões em inglês que acabam deixando um grande ponto de interrogação na cabeça.
Sabendo que esse assunto tão complexo é importante para pequenas e grandes empresas, juntamos aqui um breve glossário com o significado dos principais termos relacionados a mídia programática para ajudar a entender melhor esse meio assertivo e de baixo custo na publicidade digital:

  • Ad Network: Podemos considerar a ad network como a ponte entre os publishers e os anunciantes, sendo possível contratar a rede completa ou fechar apenas pacotes nichados. Acaba sendo mais fácil para as marcas fechar com uma ad network do que com sites individualmente, pois as redes já contêm todo tipo de informações de usuários.
  • Ad Exchange: Se você precisar comprar inventário em massa a ad exchange é a saída. É uma plataforma de tecnologia que utiliza diferentes ad networks e permite que os anunciantes escolham seu público-alvo e o valor de cada impressão.
  • Trading desks: são agências que trabalham na compra de inventários de DSPs (chegaremos lá) e revenda da mídia programática através de leilões em tempo real. Algumas vantagens de utilizar uma trading desk são os relatórios aprofundados com diferentes métricas, a já citada compra em tempo real e o ROI garantido.
  • DSP: As Demand-Side Platforms servem para compra de mídia digital sendo esse serviço 100% self service, com o cliente com total controle sobre quais mídias estão sendo utilizadas na veiculação. As DSPs são controladas por trading desks que através delas apresentam as redes disponíveis para publicidade.
  • SSP: Uma Supply-Side Platform serve para ajudar os publishers a venderem inventário de display, vídeo e mobile de forma automatizada. É basicamente o equivalente de uma DSP para o publisher. Enquanto as DSPs são usadas pelas agências para comprar impressões de anúncios a partir de exchanges de forma mais barata e eficiente, as SSPs são projetadas para fazer o oposto: maximizar os preços que suas impressões vendem.
  • DMP: Data Management Platform é uma tecnologia que mescla e gerencia dados de audiência, a fim de aperfeiçoar campanhas e estratégias de marketing em forma de dados para anunciantes e publishers. Dentro da mídia programática, esse processo é imprescindível para o sucesso das campanhas.
  • RTB: o Real Time Bidding é basicamente o processo de compra de inventário e audiência em tempo real baseado em leilão.
Quer aplicar mídia programática no seu negócio? Tem mais alguma dúvida? Converse com a gente, temos uma equipe disponível para ajudar você com esse método eficiente em publicidade digital independente do tamanho da sua empresa. Mande um email para contato@dracco.com.br ou ligue em 11 2574.9050 que vamos te ajudar a alcançar seus objetivos.