Se você conhece e sabe como funciona o Inbound Marketing, pode ser que já tenha ouvido falar do Funil de Vendas (ou Pipeline) e como esse processo se encaixa na estratégia de atração do cliente para a aquisição. A tarefa de conduzir seu cliente entre as diferentes etapas da jornada de compra não é algo fácil, é necessário entender o comportamento do público em relação ao que a sua empresa oferece como produto ou serviço e como esse processo é levado até a finalização da compra.

Chamamos esse processo de Funil de Vendas devido à seleção do cliente em potencial que irá finalizar a compra a cada etapa da jornada. Normalmente, definimos esse funil em três seções:
  • Topo
Nessa parte, a pessoa ainda não é considerada um cliente real, pode ser apenas um visitante que não tem interesse nenhum no que você oferece ou não está ciente da necessidade. O papel do marketing nessa etapa é gerar consciência no cliente em potencial para que ele descubra uma necessidade e tenha interesse na sua empresa através de um conteúdo amplo e de fácil acesso, assim o seu público se “assusta” menos com o total de informações, gera uma curiosidade e, por fim, se torna um lead. Algumas ferramentas que podem ser utilizadas para o topo do Funil de Vendas são redes sociais, que possibilitam uma comunicação aberta e chamadas para novos conteúdos, posts de blog e newsletters.
  • Meio
No meio do funil, o cliente já sabe que tem a necessidade de algo, mas ainda busca uma solução para essa demanda. Para isso, deve ser criado um conteúdo mais informativo, que mostre as soluções necessárias ao cliente. Como estamos falando de um funil, o conteúdo apresentado nessa etapa já é algo mais segmentado do que os visitantes encontravam no topo, pois aqui estão as pessoas que estão buscando o que você oferece, como por exemplo, posts de blog com dados avançados, demonstrando um problema e como solucioná-lo, newsletters personalizadas e conteúdo diferenciado, como ebooks. É importante que a sua empresa colete os dados desses possíveis clientes, pois é aqui que o relacionamento entre a sua marca e target começa.
  • Fundo
A última etapa culmina na realização da compra, mas ainda é preciso lembrar de alguns detalhes. Nessa fase, o conteúdo deve falar de forma mais aberta sobre a sua marca, ao contrário das outras partes, e apresentar os benefícios que a compra terá para seu cliente. Com os leads qualificados, eles avaliam seu produto ou serviço e, se tudo for feito da melhor forma, a compra será efetivada.
Podemos observar que o Funil de Vendas é muito importante para atrair os clientes em diferentes tempos da jornada de compra e influenciá-los a completarem o ciclo. Aqui na Dracco, criamos todo o conteúdo necessário para a sua marca montar o Pipeline perfeito para alavancar as suas vendas, entre em contato e venha nos conhecer!